*MARIALVA E O CORPO DE MUITAS MORADAS*

*texto originalmente publicado no assombrado.com.br http://www.assombrado.com.br/2013/12/marialva-e-o-corpo-de-muitas-moradas.html#more Marialva arrumou emprego na casa da madame Janet e nem por um decreto aceitava ficar no escuro. Dormia sempre com algo a iluminar o ambiente. Sempre se via uma vela acesa onde Marialva estava. A moça chegou na cidade de mansinho, carregava uma pequena mala, Leia mais…

BRINCANDO NO MAUSOLÉU

Ele fazia quase todos os dias o mesmo caminho. Uma trilha que cortava ao meio o matagal fechado. Estrada improvisada construída pelo tempo e por muitos que precisavam chegar ao cemitério. A caminhada começava cedo. Antenor acordava de madrugada, com os galos cantando, como se diz. Tomava um café ralo, Leia mais…