Mais uma colaboração de nossa querida srta. Carter. Valeu!


(colaboração de Srta. Carter)

 Manter múltiplos relacionamentos não é lá uma tarefa fácil principalmente quando um não sabe da existência do outro. Foi assim comigo quando eu resolvi ficar com dois caras diferentes ao mesmo tempo.  Eu os conheci praticamente na mesma época e gostei dos dois, então resolvi manter contato com ambos, cada um tinha suas características e diferenças que me conquistavam cada vez mais.

 Não vou negar: era muito boa a sensação de ter dois homens me desejando, quase todos os dias eu ficava com um ou com o outro. Foi uma boa época em que eu transava muito, até começarem a acontecer umas coincidências bem desagradáveis do tipo: os dois marcavam encontros no mesmo dia e praticamente no mesmo horário.

 Nunca vou me esquecer do dia de meu aniversário no ano de 2008, recebi ligações de ambos desejando-me felicitações e marcando encontros para 10 horas da noite, só me dei conta do problema que eu havia arrumado muitas horas depois de receber as ligações. Depois de muito pensar resolvi agir: liguei para um deles e disse-lhe que teríamos  de nos encontrar uma hora e meia mais tarde pois meus colegas de trabalho haviam me preparado uma festa para depois do expediente assim eu teria de sair um pouco mais tarde. Inicialmente ele não gostou muito da ideia mas acabou aceitando.

  Eu usava um vestido vermelho de alcinhas com um conjunto de lingerie preto por baixo e um salto bem alto quando meu primeiro namorado chegou, saímos para jantar num restaurante muito agradável e seguimos para o motel. Chegando lá ainda recebi um presente dele, um lindo par de brincos que não deve ter sido nada barato, lhe agradeci aos beijos e as coisas começaram a esquentar.

  Como era o meu dia ele me deitou na cama de pernas abertas e pôs-se a morder minha boceta ainda com calcinha, seus dedos foram penetrando a pequena lingerie em busca da minha molhada xotinha logo ele tirou minha calcinha com a boca o que me deixou com mais tesão ainda, então sua língua veio lamber meu grelinho e lábios vaginais coisa que fazia muito bem inclusive, eu gemia muito alto quando gozei na boca dele.


  Tiramos nossas roupas e eu fui lamber, chupar e morder seu delicioso pau, passamos horas transando acho que fizemos todas as posições possíveis e gozamos diversas vezes, aí eu me dei conta que tinha outro encontro marcado e já estava em cima da hora, inventei uma desculpa esfarrapada da qual ele não gostou muito mas acabou me levando para casa assim mesmo.

  Tomei um banho rápido vesti outro vestido um preto dessa vez com um conjunto de lingerie rosa toda de renda, ele chegou rápido e saímos para casa dele, as caricias ousadas começaram no meio do caminho, fui dando beijinhos e lambidas no pau dele com o carro em movimento.

  A pegação continuou dentro de casa mas logo paramos um pouco pois ele havia me comprado um bolo todo decorado com uma velinha e tudo, pouco depois voltamos as sacanagens ele desceu as alças do meu vestido e começou a chupar os meus seios rosados e passar a mão na minha boceta por cima da calcinha, minha mãos se encarregaram de abrir o ziper de sua calça para apertar seu pau.                            

  Nossas peças de roupas saíram com muita facilidade fiquei deitada na cama nua e ele veio por cima de mim pincelar seu pau na minha xotinha molhada, meu tesão só aumentava eu sabia que ele queria que eu pedisse para ele meter então eu pedi em meio a muitos gemidos eu pedi pra ele me foder e foi o que ele fez meteu, meteu e meteu bem gostoso, transamos pela casa toda e de tudo que é jeito.

  Foi um dos meus melhores aniversários e nesse dia eu tive a certeza do quanto eu gosto de uma boa safadeza… E fui dormir feliz, com a boceta ardida mas muito feliz!!!

Categorias: rede swing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *